Como Fazer Uma Reeducação Alimentar

Como Fazer Uma Reeducação Alimentar

Reeducação alimentar é um tema bastante discutido, mas que no final todos concordam que para funcionar é essencial um desejo de mudança de cada indivíduo, que precisa se inspirar e almejar novas atitudes, que irão impulsionar o seu desejo de mudar de vida.

E quando conhece e entende os benefícios dos principais alimentos consegue desenvolver atitudes ou simplesmente uma mente saudável, como iremos conferir. Se possui o desejo de mudar seus hábitos alimentares e conseguir um corpo saudável, confira todas as informações sobre reeducação alimentar.

O Que é Reeducação Alimentar?

O objetivo é se reeducar, mas na verdade irá desenvolver uma nova rotina, mais leve e principalmente saudável. Portanto, deve eliminar (ou pelo menos evitar) hábitos e alimentos que lhe são prejudiciais, como gorduras e açúcar, além de frituras e doces.

No processo é reforçado a adoção de atitudes saudáveis, como beber muita água ou líquidos, além de consumir o máximo de frutas, verduras e legumes. E vale a dica de fazer refeições de 3 em 3 horas, para evitar excessos e principalmente não ficar com fome.

Num projeto de reeducação alimentar também é trabalhado o lado psicológico, com o que muitos chamam de “criar uma mente saudável”. Ou seja, você pode tratar questões que podem ser prejudiciais como a ansiedade ou o estresse, por exemplo.

Como Fazer Uma Reeducação Alimentar

Reeducação Alimentar x Dieta

Como algumas pessoas ainda confundem reeducação alimentar com dieta, vale o reforço de que não são a mesma coisa.

Num projeto de reeducação alimentar analisa os seus hábitos, bons e ruins, de modo a eliminar o que é prejudicial e reforçar o que lhe faz bem. E a sua dieta, que deve ser bem produzida e balanceada, faz parte deste processo.

Ou seja, sua dieta será prescrita conforme as necessidades do seu projeto de reeducação alimentar, de modo que obtenha os melhores resultados possíveis. Lembrando que cada dieta possui as suas características e modo de ser realizada.

Reeducação Alimentar + Alimentos Funcionais

Caso não saiba, alimentos funcionais são aqueles que oferecem benefícios quando consumidos regularmente. Por exemplo, existem alimentos que aumentam a imunidade, outros que são ricos em fibras, e por aí vai.

Num projeto de reeducação alimentar um dos primeiros passos é analisar quais alimentos funcionais serão incluídos na sua dieta. Sendo que todo o planejamento é realizado considerando a funcionalidade dos principais alimentos e quais as suas necessidades pessoais.

Alimentos Indicados

É importante conhecer as propriedades e qual o consumo recomendado diariamente dos principais alimentos funcionais. Vale a pena conferir nossa lista de alimentos para secar a barriga como referência para desenvolver a sua dieta.

Reeducação Alimentar: Bebidas Para Ajudar

Em todo projeto de reeducação alimentar as bebidas são tratadas como uma das prioridades e por isso merecem um destaque e reforço sobre a sua importância.

Água mineral é a melhor maneira de hidratar o corpo indiscutivelmente. E também podemos citar os sucos, por suas propriedades antioxidantes; o leite como fonte de cálcio; os chás, que podem ser fontes de vitaminas e inclusive combater o envelhecimento; além do café, que não é calórico e fornece energia para realizarmos nossas atividades.

Reeducação Alimentar: Prato Colorido

Quanto mais colorido o seu prato, melhor ele é. É isso mesmo, você pode ter uma boa noção de sua dieta, em termos de nutrientes, simplesmente conferindo as cores dos alimentos no seu prato.

Por exemplo, alimentos vermelhos, como tomates e morangos, possuem vitamina A. Os alimentos amarelos, como manga e laranja, possuem bons níveis de vitamina C. Já os alimentos verdes, como espinafre e manjericão, normalmente são fontes de cálcio e ferro.

Pelos exemplos acima já fica justificado a inclusão de saladas e sucos na sua rotina, lembrando de organizar o cardápio conforme os nutrientes necessários diariamente.

Nutrientes

É fundamental conhecer os principais nutrientes e suas propriedades; como as proteínas, que favorecem à manutenção dos músculos; os carboidratos, que são ótimos para a realização de atividades físicas; as fibras, que auxiliam o funcionamento do intestino; e as gorduras boas, que são úteis para o metabolismo.

Confira os principais nutrientes e alguns dos alimentos que são suas fontes.

  • Carboidratos: cereais, arroz e tubérculos.
  • Fibras: verduras, cereais integrais e sementes.
  • Gorduras: azeites, castanhas e abacate.
  • Proteínas: aves, peixes e ovos.
  • Vitaminas e Minerais: frutas e verduras.

Reeducação Alimentar Para Manter a Forma

Da mesma maneira que associam dietas com emagrecimento, acreditam que reeducação alimentar é voltada para quem está acima do peso, o que está incorreto.

Um atleta pode desenvolver um projeto de reeducação alimentar com a intenção de melhorar o seu desempenho, por exemplo. Depois de conferir alguns hábitos é possível criar uma dieta com a intenção corrigir deficiências em suas atividades físicas.

Um bom exemplo de reeducação alimentar para atletas é a alimentação para corredores, que normalmente conta com carboidratos e outros nutrientes que evitam a fadiga dos músculos, além de fornecer energia para as corridas.

Investindo em Atividades Físicas

Entre os benefícios das atividades físicas, podemos citar o combate ao estresse e favorecer à saúde mental. E no processo de reeducação alimentar incluir exercícios é importante inclusive para influenciar positivamente na sua dieta.

Quem não for fã de academias e treinos mais pesados, pode investir em corridas ou pelo menos caminhadas como maneira de manter-se ainda mais saudável e com o metabolismo funcionando da melhor maneira.

Mindset Para Emagrecer

Um dos principais motivos de muitas pessoas não conseguirem seguir e inclusive permanecer numa dieta é o fato de não conseguirem realizar um bom tratamento psicológico, para assimilar todos os hábitos saudáveis.

Para um processo de reeducação alimentar sua saúde mental é fundamental. Então, se você sempre teve dificuldade com dietas, pode ser interessante investir num mindset para emagrecimento, pois auxilia bastante no que envolve o seu psicológico, de modo que saiba conduzir com maior tranquilidade sua rotina.

Já realizou algum projeto de reeducação alimentar? Como você se saiu? Deixe um comentário e compartilhe sua experiência com outros leitores de nosso blog.

5/5 - (1 reviews)

Talvez Você Goste

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.