Como Funciona os Hormônios da Felicidade?

Como Funciona os Hormônios da Felicidade?

Por mais que tenhamos uma noção, é difícil responder sobre o que é felicidade, já que cada indivíduo pode e acaba tendo uma interpretação pessoal sobre o que faz alguém feliz, não é mesmo?

A discussão sobre o que é felicidade já completa séculos de estudos, mas nos últimos anos ganhou mais força, especialmente com a pandemia, que nos fez refletir bastante sobre saúde mental e outras questões relacionadas ao bem-estar.

Mas afinal, será que existe um modo de acionarmos nossa felicidade, garantindo que estejamos sempre felizes e de bem com nós mesmos? É o que nós vamos conferir nesta publicação.

Como Funciona os Hormônios da Felicidade?

Quais os Hormônios da Felicidade?

De acordo com os estudiosos, cientificamente falando, existem quatro substâncias que são responsáveis pela felicidade: endorfina, serotonina, dopamina e ocitocina. E ao descobrir como esses quatro hormônios funcionam, estamos no caminho certo para buscarmos a nossa felicidade pessoal.

Para compreendermos melhor sobre o assunto, inclusive para sabermos como aplicar em nossas vidas, vamos conferir as principais características dos quatro hormônios da felicidade.

Endorfina

Como substância a endorfina proporciona a sensação de bem-estar e plenitude, além de melhorar o humor ou simplesmente a nossa alegria. Para liberação da endorfina temos como exemplo a prática de atividades físicas, sendo que a substância ainda funciona como analgésico, que age contra dores articulares e musculares.

Serotonina

Diretamente ligada ao estado emocional, a serotonina é liberada em momentos de prazer ou satisfação, que vão desde comer algo gostoso até as relações sexuais; proporcionando um bem-estar que é representado num tipo de felicidade e tranquilidade.

Podemos dizer que existem alguns alimentos mais afrodisíacos e ricos em serotonina, como castanhas, nozes, banana, abacate, queijos, salmão e o cacau; sendo este último o mais lembrado quando citamos a liberação do hormônio e da felicidade proporcionada pela serotonina.

Dopamina

A dopamina é amplamente relacionada com atletas, pois é uma substância liberada ao cumprir tarefas e atingir objetivos, que são resultados de aprendizados e treinos. Ela age no controle motor, além de auxiliar nas funções metabólicas e dos hormônios. Ou seja, pessoas com baixa dopamina tendem a ser menos propensas a realizar atividades e manter o foco para cumprir metas ou objetivos.

Ocitocina

A substância da ocitocina está ligada com o nosso afetivo, e é liberada em momentos de maior intimidade. Por isso, acredita-se que sua principal função é melhorar a libido, funcionando em conjunto com a testosterona no homem e a progesterona nas mulheres.

Como Funciona os Hormônios da Felicidade?

Possuímos neurotransmissores que funcionam como mensageiros químicos, estimulando e equilibrando os neurônios e células de nosso corpo. E quando seu cérebro libera os quatro hormônios da felicidade você automaticamente se sente bem, ou simplesmente feliz. Ou seja, você deve fazer o possível para produzir endorfina, serotonina, dopamina e ocitocina nas suas atividades diárias.

Como Produzir os Hormônios da Felicidade?

Depois de conferir as informações iniciais sobre os hormônios da felicidade, provavelmente já deu para perceber e até mesmo analisar o que pode fazer em sua rotina para produzir endorfina, serotonina, dopamina e ocitocina; conquistando a sua tão desejada felicidade.

Seja como for, em nosso Guia Fitness listamos bastante do que você precisa para ser uma pessoa feliz, como manter uma dieta saudável, realizar atividades físicas e descansar com qualidade; sendo que todos esses fatores auxiliam nas funções para manter o corpo e a mente saudáveis.

Conquistando a Felicidade

É importante lembrarmos que apesar de conhecermos os hormônios que agem em nosso benefício nem sempre seremos capazes de transmitir ou receber a devida felicidade. E no caso de nossos neurotransmissores não funcionarem corretamente, precisamos procurar ajuda médica e profissional.

Nem sempre entendemos algumas pessoas depressivas, pois acreditamos que possuem tudo para serem felizes ou simplesmente normais. Porém, nem sempre o corpo consegue funcionar normalmente neste sentido, e a pessoa acaba se retraindo e sentindo-se em paz apenas quando está sozinha.

Enfim, este é um assunto sério, mas no final sempre deixamos a nossa recomendação de procurar ajuda, se estiver com dificuldades para conquistar a sua felicidade e ser uma pessoa mais plena.

Por acaso já conseguiu despertar a sua melhor versão? Deixe um comentário e compartilhe sua felicidade com outros de nossos leitores. Continue no BHUM para outros conteúdos sobre bem-estar e saúde.

5/5 - (1 reviews)

Talvez Você Goste

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.