Quais os Sintomas da Asma?

Quais os Sintomas da Asma?

Por acaso está desconfiando de estar com asma? Bem, este é o tipo de doença que possui diversas particularidades. Por exemplo, apesar de acontecer predominantemente em crianças, pode acontecer da asma começar a se manifestar numa pessoa depois que a mesma já for adulta. Pois é, confira todos os detalhes sobre a asma e as suas crises, além do que funciona no tratamento da doença.

O Que é Asma?

Impactando o sistema respiratório, asma é uma doença respiratória crônica que ataca principalmente os brônquios, impedindo que o ar chegue normalmente aos pulmões. Isto faz com que as vias aéreas inchem e fiquem estreitas, o que resulta num muco que dificulta a respiração e causa falta de ar.

Quais os Sintomas da Asma?

O Que Causa a Asma?

Não existe uma causa exata da asma, mas sabe-se que envolve uma predisposição genética. Ou seja, algumas pessoas estão mais aptas a ter asma, especialmente se forem expostas constantemente a ambientes que favorecem à doença, como lugares muito empoeirados ou mofados.

Tipos de Asma

Antes de falarmos sobre os tipos de asma é interessante esclarecer uma confusão que envolve a bronquite e a asma, que na verdade são doenças diferentes. Para saber, a asma é um processo alérgico ou não; enquanto que a bronquite é resultado de um agente infeccioso ou bacteriano.

O fato de os sintomas serem bastante semelhantes fez com que se criasse o termo bronquite asmática, que na verdade é um tipo de bronquite. Porém, pela nomenclatura, faz com que as doenças sejam confundidas.

Então confira quais são os tipos mais comuns de asma e tire suas dúvidas iniciais sobre esta doença respiratória.

Asma Alérgica

A asma alérgica é o tipo mais comum da doença, principalmente pelos agentes que a causam como poeira, mofo, ácaros, pelos de animais e inclusive cheiros fortes. Ou seja, pode ser complicado ficar livre de ter contato com um agente. Não é por acaso que adultos e principalmente crianças sofrem com a asma alérgica.

Asma Não Alérgica

Este é um tipo de asma um pouco mais complicado de identificar, pois a asma não alérgica é proveniente de questões como ansiedade, estresse e até mesmo exercícios físicos. Para completar, o ar frio ou seco também pode causar a chamada asma não alérgica.

Asma Brônquica e Asma Crônica

Temos como asma brônquica uma inflamação grave dos brônquios, o que causa inchaço, inflamação e consequente dificuldade para respirar. E como asma crônica temos a situação em que os sintomas duram mais do que o normal, se transformando nas chamadas crises de asma.

Isto quer dizer que existem variações e inclusive níveis da doença; em que uma asma pode ser alérgica e crônica ao mesmo tempo, por exemplo. Enfim, é importante fazer um diagnóstico completo no caso de estar sempre sentindo alguns dos sintomas da asma.

Quais os Sintomas da Asma?

Os principais sintomas da asma são: tosses, falta de ar, dificuldade para respirar, sensação de uma pressão no peito, além do chamado chiado no peito.

Normalmente os sintomas se intensificam durante o dia e podem ficar bem piores à noite ou de madrugada. E como os sintomas da asma podem variar bastante de uma pessoa para outra, indo dos leves aos crônicos, também pode acontecer confusão no momento de determinar os sintomas da asma em alguém.

Vale lembrar que inclusive atividades físicas podem ser responsáveis pela asma e os seus sintomas numa pessoa. Então é preciso ficar atento sobre as suas atividades noturnas e no caso de sentir algum tipo de desconforto deve procurar ajuda médica.

Tratamento da Asma

Vamos falar do tratamento, mas é importante deixar claro que a asma é uma doença que não tem cura. Então o trabalho basicamente é de prevenção sobre o que pode causar crises, sendo que o primeiro passo para tratar a sua asma deve ser identificar qual o seu tipo.

Normalmente o que se faz é evitar a possibilidade de acúmulo de poeira e ácaros, além de garantir que os ambientes estejam sempre arejados e livres de questões como a fumaça de cigarro e outros agentes que podem lhe prejudicar. Porém, em casos mais críticos pode ser necessário acompanhamento com alguns medicamentos inalatórios.

Como Tratar Crises de Asma

Por ser uma doença respiratória, em alguns casos de crises mais graves pode ser necessário o tratamento com oxigênio, sendo necessário que o paciente procure um serviço de saúde para sua recuperação.

De alguma maneira, por acaso sofre com as crises de asma? Deixe um comentário e compartilhe sua experiência com outras pessoas que estão precisando de ajuda com esta doença respiratória que infelizmente é tão comum.

5/5 - (1 reviews)

Talvez Você Goste

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.