Como Criar um Sistema de Delivery

Como Criar um Sistema de Delivery

Quando o cliente está satisfeito é bastante comum que o mesmo pergunte sobre entregas e delivery. E de repente você percebe uma excelente oportunidade de aumentar as suas vendas e atender públicos que normalmente não atenderia.

Realizar entregas é interessante já que vai vender para quem normalmente não venderia por alguns motivos, como atender pessoas que estão ocupadas ou com problemas de deslocamento.

Trabalhar no formato de delivery pode ser o seu diferencial em relação à sua concorrência, o que pode oferecer diversos benefícios. Então confira quais são os passos a serem aplicados por você para criar um sistema de delivery.

Como Criar um Sistema de Delivery

Estoque

Seu diferencial começa no modo como gerencia seu estoque de produtos. Além de ter produtos novos e de qualidade deve ser capaz de atender todos os seus públicos.

Um restaurante deve ter a capacidade oferecer refeições no local e ainda manter o sistema de delivery (como o tele marmitex). Preparar este planejamento não é algo complicado, mas tenha um sistema para contabilizar pedidos, incluindo horários e produtos que mais saem.

Sistema de Atendimento

Com uma pesquisa na internet encontra diversas empresas que desenvolvem sistemas de automação exclusivos para gerenciamento de entregas.

Mas se estiver começando uma conta de WhatsApp já pode ser o suficiente para receber pedidos. De qualquer forma, organize-se para gerenciar e principalmente dar vazão nos pedidos, já que agilidade na entrega é um dos segredos para ter sucesso num sistema de delivery.

Logística (Entregas)

A primeira questão a responder quando se pensa na logística é quem vai fazer as entregas; o que pode ser terceirizado ou contratado. Tudo depende da sua organização financeira e da quantidade de demandas.

Para evitar dores de cabeça (ou pelo menos reduzir as chances) pode começar terceirizando o serviço de entrega. Isto é legal inclusive para entender a dinâmica do serviço. E no futuro, se precisar contratar, fará isso sabendo bem o que precisa.

O próximo cuidado que precisa tomar é sobre o tipo de veículo a ser utilizado. Atualmente as bicicletas motorizadas têm ganhado espaço no lugar das tradicionais motocicletas. Vale a pena analisar os prós e contras dos diversos modelos disponíveis e até mesmo testar para saber qual irá atender melhor.

Por fim, no que diz respeito à logística, confira e determine a região (ou regiões) em que realizará as entregas e quais serão as principais rotas. Isto é importante, pois influencia no custo da entrega (além do valor do pedido), que pode ser ou não repassada para os clientes.

Aplicativos

Os aplicativos gourmet, para realizar o pedido de comidas, são uma realidade na vida das pessoas. Inclusive alguns estabelecimentos só trabalham com entregas por estes apps.

Existem algumas regras ou condições para cadastrar sua empresa nestes aplicativos. De qualquer forma, vale muito a pena considerar e fazer uma pesquisa sobre o funcionamento, além de saber como aumentar suas vendas utilizando os mesmos.

Marketing

Com tudo pronto é hora de divulgar seu serviço de entregas e principalmente o seu cardápio. Redes sociais são um bom exemplo de como se pode fazer isso, mas existem outras ferramentas como manter um site com o cardápio online.

Vale lembrar que os aplicativos ajudam nesta tarefa, mas é importante não depender somente disso, criando uma estratégia de marketing mesmo, integrando ações tradicionais com ações digitais.

Pós Venda

O sistema mais popular para gerenciar listas de clientes é o WhatsApp. Como pós-venda é bastante interessante, pois o contato é feito diretamente com o telefone de seus clientes. Ou seja, se já estão com o smartphone na mão, porque não fazer um pedido?

Tudo que precisa é criar uma estratégia para envio do cardápio, promoções e outros atrativos. Basta pensar que precisa manter sua lista sempre aquecida, e que seus clientes tenham sempre sua marca em mente.

Concluindo

Como pode perceber, não é tão complicado organizar um sistema de delivery. Claro que envolve planejamento, já que precisa organizar todas as etapas de seu negócio: produção, atendimento, logística, entregas, entre outras questões.

Tudo vai depender da organização financeira e da dedicação do empreendedor. Mas nada que seja complicado de aplicar. O principal é pensar no aumento das vendas que pode ser conquistado com um sistema de delivery.

E você empreendedor, já possui um sistema de delivery? Deixe um comentário e compartilhe sua opinião com nossa equipe e leitores do Fazer Para Vender.

Avalie esta publicação

Publicações Relacionadas

GRUNGE: Artes Para Redes Sociais

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.